terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Travessia Anápolis x Sebollas x Fagundes

Sebollas - Foto: Roberto Bessa

Travessia Anápolis (Petrópolis) até Sebollas (Paraíba do Sul):

Foto: Roberto Bessa
     Olá pessoal, ontem fizemos essa travessia que foi muito proveitosa pra mim. Não atravessamos pela mata, nem subimos montanha, nossa caminhada foi pela estrada de terra batida e valeu muito a pena, pois a área é toda rural, cercada por pássaros que cantam durante todo caminho, o cheiro do campo toma conta de toda caminhada. A dificuldade técnica é quase zero, e a orientação é muito fácil no geral, com poucos trechos confusos.
     O início fica no ponto final do ônibus Fagundes (707) que para em Anápolis, você pega a estradinha de terra batida e vira à sua primeira direita, tem uma plaquinha bem discreta escrita a mão indicando. Siga sempre em frente e pela estrada principal (Estrada do Retiro), mais adiante você verá à sua direita uma casa típica de fazenda no alto, e uma plaquinha escrita à mão dizendo: "vende-se leite e queijo", recomendo que compre o queijo ali, é uma delicia e pode ter certeza que não estraga durante a caminhada. Daí em diante, é só seguir em frente, chegando quase no finalzinho, tem um trevo você vai ter que entrar à esquerda onde está escrito "Sítio Caminho do Ouro" vai passar uma subidinha bem discreta e depois só descida, no fim da rua, você deve pegar a rua da direita que tem um calçamento de paralelepípedo ande uns poucos metros e já estará na praça de Sebollas, bom ponto para descansar e fazer um lanchinho. Uma dica também é o museu de Tiradentes, que abre de Quarta à Domingo.

Tucano livre no Centro de Sebollas - Foto: Roberto Bessa

Travessia Sebollas (Paraíba do Sul) até Fagundes (Petrópolis):

Estrada de regresso - Foto: Roberto Bessa
     Esse trajeto não é nada mais do que o regresso à Fagundes, só que por outra estrada. O regresso é feito pela estrada que passa por trás do Museu de Tiradentes, ela começa asfaltada, mas chegando no topo, o asfalto acaba (um pouco depois do totem da Estrada Real), siga sempre a principal. Essa estrada também é brindada por cantos de pássaros e animais como cavalos e bois, mas achei ela um pouco menos atrativa que a outra (mas é uma opinião pessoal), o final dela vai ficando bem mais interessante, você irá passar por uma ruína de um armazém que era utilizado pelos tropeiros na época do Império. e um pouco antes, o visual do vale é incrível, vale a pena uma foto e uma parada pra admirar. No final da estrada você verá uma casinha rosa, ali já é o fim da estrada, onde você pegará o ônibus (707) de volta. Tem uma loja de materiais de construção que você pode dar uma parada pra comprar água ou refrigerante pra se refrescar (sim, na loja de materiais de construção) após sua caminhada. Recomendo muito!!! Não deixe de ir! Boa caminhada!!!



Sebollas - Foto: Roberto Bessa
Ruínas do antigo armazém usado pelos tropeiros
Foto: Roberto Bessa

Vale no fim da caminhada - Foto: Roberto Bessa

Vídeo: