segunda-feira, 11 de abril de 2016

Pedra do Onça (São Sebastião)

Pedra do Onça, essa é a nomenclatura que a população dá!

Foto: Roberto Bessa
Foto: Roberto Bessa
     Olá pessoal, hoje fui até um lugar que é conhecido como "Pedra do Onça", mas não sei certo o nome da montanha, então vou tratar ela assim. Qualquer pessoa pode fazer essa trilha, existem dois platores bem descampado que dão vistas completamente diferente, o primeiro você consegue ver Independência, Taquara, Quitandinha, Rocio, Itaipava e etc, o segundo a vista fica para o Cobiçado, castelinho e baixada fluminense, se o tempo estiver muito bom, dá para ver a Baía de Guanabara.
Foto: Roberto Bessa
     A trilha começa no finalzinho da Rua Florindo Duarte, que fica do lado direito da Igreja de São Sebastião. No final da rua sem saída, existe um muro de pedra, a trilha fica bem ao lado do muro entrando na mata fechada. Depois de uns 5 minutos de caminhada, a mata dá lugar a um capinzal e mais a frente volta a entrar na mata. Siga sempre a trilha que sobe a montanha, você vai chegar ao primeiro plator que vai te dar uma visão da área norte da cidade, vale tirar umas fotos! Siga mais um pouco e você chega ao segundo plator que dá a visão para o lado do cobiçado e Baixada Fluminense, se você olhar bem atento e o tempo colaborar, dá para ver as montanhas do Bonfim e Parnaso.
Foto: Roberto Bessa
     Minha sugestão é que você faça essa subida a noite (depois que conhecer bem o local) e acampe neste segundo plator para que você possa contemplar o nascer do sol atrás do Cobiçado. Farei isso mês que vem e trarei para vocês aqui pelo nosso blog! No mais você pode também explorar as trilhas a partir desse ponto, tem um outro curioso descampado onde parece que os trilheiros de moto se reunem, mas eles utilizam outra trilha para subir. Marque sempre bem o lugar que você passar, pois existem muitas trilhas em diversas direções e é muito fácil se perder! Cuidado!
Início da trilha
Foto: Roberto Bessa
     Não espere ver muita vista, pois a vegetação tomou conta então aproveite o que ainda está descampado, recomendo e não se esqueça de respeitar a natureza e levar uma câmera! Boa trilha!!








Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa

Foto: Roberto Bessa